Como podemos ajudá-lo hoje?

2021-04-14T00:00:00

A Smurfit Kappa participa no projeto Papel BCD para melhorar a Competitividade e a Sustentabilidade Industrial em Espanha

A mudança para uma indústria do papel mais limpa está cada vez mais perto em Espanha, graças a iniciativas como Papel BCD (“BiCircularidade Descarbonizada”). Trata-se de um projeto de que faz parte a Smurfit Kappa e que se destina a reduzir a pegada ambiental do setor, através do desenvolvimento de processos mais eficientes e produtos mais sustentáveis. Objetivos que já fazem parte dos ambiciosos planos de sustentabilidade da empresa, englobados no Better Planet 2050.

Entre estes encontra-se reduzir a pegada ambiental dos seus clientes, e também a sua, no consumo de água, resíduos e emissões de carbono, alcançar as zero emissões líquidas de CO2 para 2050, minimizar os resíduos, graças ao desenvolvimento de embalagens sustentáveis (procurando que mais de 95% dos produtos entregues aos clientes tenham certificado de Cadeia de Custódia), apostar na economia circular e integrar a eficiência energética (e-cogeração, biomassa, etc.). São objetivos totalmente alinhados com os deste importante plano investidor, que destinará 1 396 milhões de euros num prazo de três anos para converter a cadeia de valor do papel numa referência internacional, potenciando a competitividade e a sustentabilidade da indústria espanhola. 

O papel como motor da mudança
O papel, pela sua própria natureza, é reciclável até sete vezes, renovável e 100% biodegradável no nosso ambiente, sem o colocar em risco. Além disso, é a alternativa aos produtos que mais carbono consomem e que são provenientes de fontes não renováveis e não biodegradáveis. Por isso é, em si mesmo, o caminho para atingir os objetivos de Papel BCD, que advoga pela matéria prima local, renovável e neutra em carbono, por altas taxas de reciclagem ou por ter conseguido desvincular as emissões de carbono do crescimento da produção, graças à eficiência energética.

Ignacio Sánchez, Recycling Country Manager da Smurfit Kappa Espanha, indica que “em Recycling, a divisão de gestão de recuperação e tratamento de resíduos da Smurfit Kappa, temos a missão de reciclar e recuperar cerca de 250 000 toneladas de papel e cartão que são processadas na nossa fábrica de papel em Mengíbar da forma mais sustentável possível. Para tal, reduzimos o raio logístico de aprovisionamento e, deste modo, a pegada de CO2, incidindo sobre a eficiência energética no transporte. A caixa de cartão é a embalagem sustentável por excelência, face a alternativas muito contaminantes e dificilmente recicláveis, como o plástico. Por isso facilitamos aos nossos clientes e fornecedores a circularidade dos seus resíduos, permitindo que a embalagem de cartão já utilizada se converta novamente em matéria-prima para as nossas fábricas, evitando, assim, que o lixo sature os aterros ou distorça o equilíbrio ambiental. Atender à procura crescente do mercado de certificação de origem e destino dos resíduos faz parte do ADN da nossa empresa, o que nos confere uma posição de liderança no setor e a capacidade de oferecer soluções inovadoras no conjunto da indústria de packaging”.

Por sua vez, Rafael Sarrionandia, General Manager da Smurfit Kappa Nervión e CEO da Kraft Specialties Spain, acrescentou que “na Smurfit Kappa, temos um longo historial de compromisso com a sustentabilidade e o respeito pelo ambiente e, como tal, com a descarbonização energética. O objetivo da neutralidade energética vai exigir-nos que sejamos ainda mais sustentáveis, eficientes e inovadores. Para enfrentar este desafio, devemos continuar a investir em processos produtivos mais eficientes, com a finalidade de gerar produtos mais sustentáveis e que requeiram, além disso, um menor consumo especifico de energia e matérias-primas (produtos químicos, água, etc.), a utilização de energias renováveis, a redução de emissões de gases com efeito de estufa, e a valorização e reutilização dos resíduos, com a meta de zero resíduos”.

Entre as Comunidades Autónomas que beneficiarão com este projeto, encontra-se Andaluzia, Castela e Leão, Catalunha, Comunidade Foral de Navarra, Comunidade de Madrid, Comunidade Valenciana, Galiza e País Basco. Nestas, a Smurfit Kappa conta com centrais de produção, de reciclagem, florestas, etc., demostrando uma vez mais o seu compromisso em melhorar as regiões onde está presente.

Ignacio Sevillano, CEO da Smurfit Kappa Espanha | Portugal | Marrocos, assegura que “na Smurfit Kappa, há anos que lideramos o caminho para uma transição energética justa no setor industrial, graças aos nossos ambiciosos objetivos de sustentabilidade. Objetivos recolhidos em iniciativas como a mencionada Better Planet 2050 ou no nosso Relatório Anual de Sustentabilidade, onde refletimos as metas alcançadas ano após ano. Trabalhamos todos os dias para oferecer aos nossos clientes as soluções de embalagem mais sustentáveis e eficientes para as suas cadeias de fornecimento e para o ambiente, que reduzam o lixo e assegurem os valiosos recursos naturais do nosso planeta. E não há dúvida de que, com as nossas embalagens, damos um contributo positivo para o mundo. Por isso, há anos que trabalhamos para enfrentar estas dificuldades globais através da proteção do que mais nos importa: o nosso ambiente, a nossa gente e a nossa empresa”.

O Papel BCD desenvolve-se em torno de quatro linhas de ação: reduzir a pegada ambiental através da eco-inovação em produtos renováveis e recicláveis, liderar a economia circular para reduzir os resíduos, avançar na descarbonização com combustíveis renováveis e hidrogénio verde, e integrar a transformação digital nas fábricas.