como podemos ajudá-lo?
Como podemos ajudá-lo hoje?

Caso de Êxito - Alterações climáticas

 

Completar o circuito com vapor residual 

No passado, a Smurfit Kappa Roermond Papier, na Holanda, otimizou o seu sistema de energia para cada máquina de papel. Agora, foi implementado um novo sistema integrado de reciclagem de vapor que otimiza o uso de energia em toda a fábrica. Duas grandes máquinas de papel fornecem vapor residual para a PM2 mais pequena, através de uma combinação inteligente de tubos controlo de processos. No processo de fabrico de papel, o vapor é conduzido para os cilindros de secagem para secar a rede de papel. No outro extremo, o vapor residual, também designado por vapor flash, e condensado sai dos cilindros. Antes, o vapor residual das duas máquinas de papel maiores era apenas parcialmente reutilizado. A energia do vapor em excesso é convertida em condensado. A PM2, a máquina mais pequena, não tem vapor em excesso. Depois de secar, apenas o condensado sai desta máquina. Todo o condensado é enviado novamente para a central elétrica, sendo transformado em vapor. 

O engenheiro de processos Wim Janssen desenvolveu um sistema de reciclagem de vapor residual. O volume de vapor residual a sair da PM1 e da PM3 é mais do que suficiente para a PM2. Isto resulta num menor consumo de gás natural na caldeira de vapor, reduzindo as emissões de CO2 da fábrica. “Parece simples, mas requereu uma análise profunda dos nossos processos, bem como um controlo sofisticado dos processos para realizar um sistema que também tem em conta possíveis tempos de paragem das máquinas, flutuações na produção de vapor devido a alterações nas qualidades do papel, e os vários grupos de vapor dentro das máquinas”, referiu a Diretora de Energia e Sustentabilidade, Claire Schreurs. 

“Acreditamos que as novas ideias surgem da colaboração, da criatividade e de ter uma mente aberta para ver os nossos processos a partir de novos ângulos”, concluiu. “Estamos sempre a procurar reduzir custos e minimizar as nossas emissões de CO2. Como resultado de completar os nossos circuitos com vapor residual, agora poupamos anualmente 1,9 milhões de m3 de gás natural e reduzimos a nossa pegada de CO2 em mais de 1 600 toneladas por ano. O nosso sucesso foi recompensado com um Prémio de Sustentabilidade em 2017, quando ganhámos o primeiro prémio na categoria de Melhoria de Processos, durante o Evento de Inovação da Smurfit Kappa.”