Como podemos te ajudar hoje?

A sustentabilidade reescreve a agenda de inovação

A busca de Carlsberg para atingir os quatro zeros dos negócios sustentáveis

Quando as empresas incorporam a sustentabilidade em suas práticas cotidianas, elas precisam ser capazes de quantificar seu impacto.

É mais fácil falar do que fazer. Novas pesquisas encomendadas pela Smurfit Kappa e conduzidas pela Longitude constatam que menos de um quinto (18%) das organizações atualmente mede o desempenho da sustentabilidade. E menos da metade diz que tem a capacidade de vincular sustentabilidade ao desempenho financeiro.

“Sustentabilidade agora é uma frase que pode significar tudo e nada”, diz Simon Boas Hoffmeyer, diretor sênior de sustentabilidade e comunicações do grupo Carlsberg Group. "Acreditamos que o melhor lugar para começar é profissionalizar a sustentabilidade dentro da sua empresa."

Essa abordagem ajudou a quantificar o valor da sustentabilidade para a Carlsberg, que está determinada a colocar números em seu progresso. "O que você mede, você pode gerenciar", diz Boas Hoffmeyer.

Elimine o negativo, crie o positivo

Os primeiros passos para medir a sustentabilidade, explica Boas Hoffmeyer, é descobrir o que é de importância material para os stakeholders, definir suas metas e definir exatamente contra o que você deseja medir.

A Carlsberg lançou sua iniciativa “Together Towards Zero” em meados de 2017. O programa de sustentabilidade visa atingir quatro zeros: zero pegada de carbono, zero desperdício de água, zero irresponsabilidade ao beber e uma cultura de zero acidentes.

"Nós os escolhemos como nossas áreas de foco", diz Boas Hoffmeyer, "porque realmente acreditamos que seremos capazes de eliminar os maiores negativos e criar um impacto positivo na sociedade".

A cervejaria está repensando completamente a maneira como aborda as embalagens, e seu Green Fiber Bottle é uma inovação. Como a primeira "garrafa de papel" do mundo - feita a partir de fibras de madeira de origem sustentável - será totalmente reciclável.

"Essa é uma das coisas que pode resultar de uma meta global de sustentabilidade corporativa", diz Boas Hoffmeyer. "Você libera criatividade e concede licença a seus inovadores, profissionais de marketing de marca e colegas de cadeia de suprimentos para sair do status quo".

Salvaguardar o futuro

Objetivos de sustentabilidade claramente definidos e quantificáveis têm como propósito ajudar a Carlsberg a proteger seus negócios no futuro.

"Já vemos alguns varejistas do Reino Unido começando a dizer que não estão interessados em ter produtos nas prateleiras com certos tipos de embalagem", diz Boas Hoffmeyer. "Reduzir nossas emissões de carbono das embalagens nos tornará mais resistentes aos aumentos no preço do carbono no futuro."

Mas a enorme tarefa de reduzir as emissões de carbono não é algo que qualquer empresa possa realizar sozinha. Juntamente com uma coleção de outros fabricantes de cerveja europeus, a Carlsberg vem trabalhando no desenvolvimento de regras de pegada ambiental de produtos da UE.

"Isso é incrivelmente importante", diz Boas Hoffmeyer. "Precisamos criar condições equitativas e uma metodologia consistente para medir o impacto do carbono em nossos produtos".

FAÇA O DOWNLOAD DO DOCUMENTO AQUI

Relatório da pesquisa gratuito

A Smurfit Kappa trabalhou com o Financial Times para conduzir uma pesquisa para responder a algumas das principais questões sobre a sustentabilidade. Descubra como o efeito da sustentabilidade está remodelando os negócios para melhor e explore os novos itens obrigatórios dos negócios.

ADQUIRA SUA CÓPIA AGORA