Tal como muitos outros websites, utilizamos cookies e armazenamos cookies no seu computador. Esses cookies são utilizados para melhorar o nosso website e para lhe fornecer serviços mais personalizados, no website e através de outros suportes. Para obter mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

Al parecer usted está utilizando un navegador desactualizado.  Para mejorar su experiencia de visualización, por favor descargue un navegador actualizado  (IE8+, Firefox, Google Chrome o Apple Safari).

Florestas

Todas as embalagens à base de papel são fabricadas a partir de fibras de madeira, uma matéria-prima natural e renovável. 

Na Smurfit Kappa, 75% das fibras que utilizamos provêm de fontes recicladas e apenas 25% provém directamente de madeira fresca.

Temos normas muito rigorosas para garantir que toda a madeira fornecida às nossas fábricas de polpa virgem cumpre os mais elevados padrões de ética.  Quer através de plantação directa (como na América Latina) quer através de uma rede de fornecedores fiáveis e certificados (Europa), desenvolvemos uma abordagem consistente ao nosso fornecimento de madeira. A certificação da Cadeia de Custódia (FSC ou PEFC) está implementada para a maioria das nossas fábricas e operações florestais e a conformidade a 100% é um claro objectivo.

Toda a nossa madeira provém de florestas cultivadas (em oposição à floresta principal). Para o fabrico de papel utilizamos maioritariamente madeira inadequada para outras aplicações industriais e, como tal, agimos complementarmente a outras actividades responsáveis para madeira. A nossa madeira deriva maioritariamente de três tipos de fontes

  • Desbaste da floresta - árvores imaturas extraídas da floresta cultivada para permitir que as restantes cresçam para atingir uma maturidade saudável
  • Topos de árvores e ramos maduros (a madeira redonda vai para as serrações)
  • Resíduos de serração (raspas, lascas e poeira) - da construção e da indústria da madeira.

Para maximizar o uso eficiente da madeira utilizamos o material ‘não-utilizado', tal como cascas, resíduos florestais ou cepos, para gerar calor biogénico e electricidade em caldeiras de biomassa de alta eficiência. Isto ajuda a satisfazer as necessidades energéticas das nossas fábricas de polpa virgem ao mesmo tempo que minimiza as emissões de CO2 fóssil. Ler mais sobre os biocombustíveis.

A nossa política de procura sustentável descreve os nossos códigos de conduta no que respeita a todos os fornecimentos de produtos de madeira, quer provenham das nossas próprias florestas quer sejam adquiridos de fornecedores terceiros. Esta política geral aplica-se em cada um dos países em que operamos:

Colômbia

As maiores plantações de floresta de que somos proprietários encontram-se na Colômbia, onde temos 69.500 hectares dos quais 64% consiste em plantações comerciais, 31% constitui floresta natural protegida e 5% destina-se a infra-estruturas.

Os nossos esforços têm sido no sentido da melhoria genética das espécies que plantamos (pinheiro e eucalipto), a sua protecção fitossanitária e as melhores práticas de viveiros e silvicultura, o que permite uma maior produtividade no mínimo de quantidade de terreno. Os Organismos Geneticamente Modificados (GMOs) não são utilizados. Desde 2003, a nossa floresta na Colômbia tem vindo a operar mediante o sistema de gestão que foi certificado de acordo com a Comissão de Gestão de Florestas (FSC).

Venezuela

Somos proprietários de 35.000 hectares de floresta dos quais 60% são plantações comerciais e 40% são reservas naturais.  As principais espécies cultivadas nas plantações comerciais são variedades de eucalipto, pinheiro e gmelina.  Também é utilizada uma proporção para investigação e desenvolvimento, tal como a silvicultura, a gestão de plantações, a protecção e investigação florestal.

As plantações florestais na Venezuela ainda não foram certificadas mas estão bem avançadas em termos das melhores práticas e procuraremos certificações quando as circunstâncias locais o permitirem.

Espanha

Operamos mediante um sistema de gestão florestal sustentável que foi certificado de acordo com o Programa para Apoio à Certificação de Florestas (PEFC). A Central Forestal, uma empresa dedicada à floresta, cuida desde 1968 da relação com os proprietários de floresta, fornece as nossas fábricas em Espanha bem como das serrações da região que fornecem ao mesmo tempo os seus produtos derivados às nossas fábricas de papel, e garante a total conformidade com os princípios do grupo Smurfit Kappa. A sua cadeia de custódia é certificada ao abrigo dos sistemas PEFC e FSC. 

França

A floresta de pinheiro-bravo da Aquitânia abrange 0,9 milhões de hectares. Esta floresta cultivada pertence a proprietários privados.  É gerida de forma sustentável e é certificada como Madeira Controlada pelo PEFC e pela FSC

A Smurfit Kappa Comptoir du Pin, uma empresa dedicada à floresta, tem vindo a trabalhar em colaboração com os proprietários privados e com os institutos de investigação florestal há mais de 60 anos, no sentido de melhorar a competitividade florestal em termos de genética, protecção fitossanitária e métodos de cultivo.

Desde 2010, a Smurfit Kappa Comptoir du Pin tem vindo a desenvolver uma actividade para gerar calor e electricidade a partir de cepos de árvores.

 

FSC e PEFC

Reconhecemos e utilizamos os 2 principais esquemas de certificação florestal internacional, a Comissão de Gestão de Florestas (FSC) e o Programa para Apoio à Certificação de Florestas (PEFC). Ler mais